SBEBM comemora 102 anos de acolhimento e educação da doutrina espírita

 

Abril é um mês especial para os frequentadores e trabalhadores da Sociedade Beneficente Espírita Bezerra de Menezes (SBEBM). Nessa terça-feira (16), a Casa completou 102 anos de funcionamento. Não se trata de mais um endereço no mapa de Porto Alegre, mas sim, de um local onde se concentra esperança e renovação para milhares de pessoas que buscam explicações e conforto para inúmeras situações que vivenciam. Para comemorar a data, o coral Nota de Luz fez uma apresentação musical e voluntárias do Departamento Cultural, dos setores de recepção e comunicação distribuíram as rosas de Bezerra e exemplares do informativo Mensageiro que está na 60ª edição.

A relevância do trabalho de acolhimento e educação embasados na doutrina espírita é refletida na quantidade de assistidos. No ano passado, foram realizados quase 155 mil atendimentos apenas no Departamento Espiritual. Esse número não contabiliza outras assistências feitas, como por exemplo, do Departamento de Atendimentos e do Departamento de Educação Espírita que possui os grupos da Boa Idade, de Apoio à Família e da Oficina do Evangelho, entre outras possibilidades oferecidas na Sociedade.

Todo o trabalho tem o suporte de voluntários e de equipes espirituais, especialmente do Dr Bezerra de Menezes, abnegado espírito, mentor da Casa, exemplo de amor, de caridade e de perseverança para a evolução de cada ser que é único e especial. A SBEBM é um local de acolhimento, de estudo e de gratidão. O grande combustível para o funcionamento da Casa é o amor e a doação. O nome vem do seu benfeitor maior, Adolfo Bezerra de Menezes que foi um defensor e divulgador da doutrina espírita.

Bezerra atendia as pessoas sem condições financeiras no seu consultório. Embora tenha nascido em família com posses, desencarnou pobre de riquezas materiais, mas rico de solidariedade e compaixão ao próximo. Um exemplo para quem deseja auxiliar irmãs e irmãos de caminhada.