PALESTRAS DOUTRINÁRIAS DO MÊS DE FEVEREIRO 2020 | SBEBM

 

PROGRAMA DAS EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS PÚBLICAS
FEVEREIRO 2020
DIA SEMANA HORÁRIO  

FONTES: O Evangelho Segundo o Espiritismo,O Livro dos Médiuns,  O Livro dos Espíritos,  de Allan Kardec.  

01.02.2020 Sábado 20h às 21h Guarda-te da avareza
03.02.2020 2ª feira 15h às 15h30 Utilidade providencial da fortuna
04.02.2020 3ª feira 20h às 20h30 Desprendimento dos bens terrenos
05.02.2020 4ª feira 10h às 10h30 O homem de bem
05.02.2020 4ª feira 15h às 15h30 O dever e a virtude
06.02.2020 5ª feira 20h às 20h30 O homem no mundo
07.02.2020 6ª feira 15h às 15h30 A porta estreita
08.02.2020 Sábado 20h às 21h Muito se pedirá àquele que muito recebeu
10.02.2020 2ª feira 15h às 15h30 O poder da fé
11.02.2020 3ª feira 20h às 20h30 Os trabalhadores da última hora
12.02.2020 4ª feira 10h às 10h30 A missão dos espíritas
12.02.2020 4ª feira 15h às 15h30 ” Eu não vim trazer a paz, mas a divisão “
13.02.2020 5ª feira 20h às 20h30 Os são não tem necessidade de médico
14.02.2020 6ª feira 15h às 15h30 A coragem da fé
15.02.2020 Sábado 20h às 20h30 Ajuda-te e o céu te ajudará
17.02.2020 2ª feira 15 às 15h30 Pedi e obtereis
18.02.2020 3ª feira 20h às 20h30 A ação da prece
19.02.2020 4ª feira 10h às 10h30 A nova era
19.02.2020 4ª feira 15h às 15h30 Espiritualidade e sexualidade
20.02.2020 5ª feira 20h às 20h30 Há muitas moradas na casa de meu Pai
21.02.2020 6ª feira 15h às 15h30 Meu Reino não é deste mundo
22.02.2020 Sábado 20h às 20h30 O que é o mundo de provas e expiações
24.02.2020 2ª feira 15h às 15h30 Ninguém poderá ver o Reino dos Céus se não nascer de novo
25.02.2020 3ª feira 20h às 20h30 A justiça das aflições
26.12.2020 4ª feira 10h às 10h30 O esquecimento do passado
26.02.2020 4ª feira 15h às 15h30 Bem e mal sofrer
27.02.2020 5ª feira 20h às 20h30 Mude a sua visão da vida: nada morre!
28.02.2020 6ª feira 15h às 15h30 Perda de pessoas amadas
29.02.2020 Sábado 20h às 20h30 De pé, os mortos! Abordagem sobre suicídio através de poemas de autores consagrados, relatando o que encontraram após a morte do corpo físico. Da obra de Chico Xavier, “Parnaso do Além-Túmulo”.